quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Plano de aula " Meu Nome"

1º DIA 
Conhecendo o Nome

·         Conversar sobre a importância do nome.
Escrever o nome das mesmas no papel pardo.
Ler e circular a inicial do nome de cada um.
·         Atividade “Caixa de nomes”:
Preparar as fichas com o nome da professora, da Auxiliar  e das crianças da turma com foto.
Os nomes devem ser escritos em fichas brancas, coladas em papel colorido .
Colocar as fichas dentro de uma caixa surpresa.
·         Como trabalhar:
Crianças assentadas em roda;
Retire de dentro da caixa surpresa uma ficha com o nome de uma das  crianças;
Leia-o e peça às crianças que repitam;
Coloque a ficha no centro da roda, para que possa ser visualizado por todos. Depois cante a música “A canoa virou” com o nome sorteado;
A criança cuja ficha está no meio da roda deve pegá-la e afixá-la no cartaz da chamadinha.
Repetir a música para cada nome.
Após a música fazer com as crianças barquinhos de papel com o nome delas e colar no cartaz da música “A canoa virou”





INTENCIONALIDADE

·         Apreciar o próprio nome e dos colegas;
·         Chamar os colegas pelo nome;
·         Construir uma relação afetiva com a escrita a partir do nome;
·         Distinguir o próprio nome entre os nomes dos colegas;
·         Desenvolver atividades lúdicas envolvendo os nomes dos colegas, através de músicas;

2º DIA 
“Somos todas crianças”.
Conversa sobre o tema e deixar os alunos argumentar sobre o mesmo.
Mostrar fotos de crianças negras, brancas, japonesas, louras e etc.;
Argumentar sobre a mistura de raças e cultura de cada um:
Você se parece com alguma das crianças da cena?
E seus colegas de turma?
    - Quais são as semelhanças? E as diferenças?
  . História “O menino e o espelho”:
   1º contar a história;
   2º questionar sobre a mesma e deixar as crianças argumentar suas opiniões e desejos;
   3º Momento de levar as crianças para se olhar no espelho:
   - Nessa atividade é importante destacar que cada criança é única apesar de apresentar semelhanças com outras pessoas.
- Fazer seu auto-desenho a partir da foto do seu rosto.


O Menino e o Espelho


Um dia, o pai de Woo Sing chegou em casa com um espelho trazido da cidade grande. Woo Sing nunca vira um espelho na vida. Dependuraram-no na sala enquanto ele estava brincando lá fora; quando voltou, não compreendeu o que era aquilo, pensando estar na presença de outro menino.

Ficou muito alegre, achando que o menino viera brincar com ele, falou muito amigavelmente com o desconhecido, mas não teve resposta.

Riu e acenou para o menino no vidro, que fazia a mesma coisa, exatamente da mesma maneira.

Então, Woo Sing falou:
- Vou chegar mais perto. Pode ser que ele não esteja me escutando.

Mas quando começou a andar, o outro menino logo o imitou. Woo Sing estacou e ficou pensando nesse estranho comportamento. E disse para si mesmo:
- Esse menino está zombando de mim; faz tudo o que eu faço!

E quanto mais pensava, mais zangado ficava. E logo reparou que o menino estava zangado também. Isso acabou por irritá-lo mais ainda e deu um tapa no menino, mas só conseguiu machucar a mão, e foi chorando até seu pai.

O seu pai então lhe disse:
- O menino que você viu era a sua própria imagem. Isso deve ensinar você uma importante lição, meu filho. Tente não perder a cabeça com as outras pessoas. Você bateu no menino no vidro e só conseguiu machucar a si mesmo.

Na vida real é assim, quando você agride sem motivo, o mais magoado é você mesmo


DESENHO A PARTIR DO ROSTO DA CRIANÇA 


INTENCIONALIDADE 
Conhecer e respeitar os diferentes costumes das famílias, grupos e povos;
Desenvolver habilidades sociais;
Questionar e argumentar através da interpretação da historia o menininho e o espelho
Reconhecer a sua imagem no espelho e construir seu autorretrato



3 DIA

FICHA DO NOME
Colocar a ficha do nome na mesa e em seguida distribuir o alfabeto móvel para que as crianças formem o seu nome.
Uma folha será entregue as crianças com o nome dela, vamos contornar o nome com cola colorida para que eles aprendam o contorno do nome e depois de seco sintam sua textura.
Entregaremos a letra inicial do nome de cada criança e com massinha de modelar elas formarão a primeira letra do nome.







INTENCIONALIDADE

-Identificar a escrita do seu nome
- Conhecer as letras que fazem parte dele
- Identificar a letra inicia do seu nome

4º DIA 
“Dança da Cadeira com os nomes “
Faremos um círculo de cadeiras com quantidade de crianças presentes e em cima de cada cadeira colocaremos a ficha com o nome da criança. Colocar uma música para tocar, a criança devera roda em volta e quando a música parar, ela deverá procurar a cadeira com o nome dela e sentar.


Quebra-cabeça com o nome
Entregar as fichas do nome com o jogo e observar as crianças montarem


INTENCIONALIDADE

-Identificar a escrita do seu nome
- Conhecer as letras que fazem parte dele

5º DIA 
Quantas letras tem o seu nome ?
Usar um cartaz com números para que as crianças contem e identifiquem quantas letas tem o seu nome


INTENCIONALIDADE 
- Conhecer as letras que fazem parte dele
- Identificar a quantidade de letra que forma o seu nome




terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Pontifícia Universidade Católica de Goiás
Agrupamento. D1 (crianças de 03 a 04 anos)
Turno Matutino
Estagiárias Regentes: Isabela Duarte e Ketlen Santos
Estágio Supervisionado II

Contação De História


Tema:
Contação de história: Chapeuzinho Vermelho
1- Objetivos:
- Proporcionar situações que permitam que as crianças desenvolvam a imaginação.
- Propor atividades que estimulem o uso dos sentidos (visual, auditivo, paladar, olfato e o tato).
- Proporcionar dinâmicas que estimulem o trabalho em equipe das crianças.
2- Conteúdos:
- Imaginação;
- Sentido;
- Socialização;
3- Procedimentos:
3.1- Retirar as mesas e cadeiras da sala.
3.2- Fazer uma roda para dialogar com as crianças. É em seguida contar a história da Chapeuzinho Vermelho. Utilizando o livro, para contar a história, mostrando as gravuras.
3.3- Ao final da história haverá uma carta deixada pela personagem Chapeuzinho Vermelho, que conterá pistas de um tesouro que as crianças terão que procurar, com o auxílio das estagiarias regentes, pelo espaço da instituição. (Sala é parquinho).
3.4- Serão distribuídos capas vermelhas e mascaras de lobo para as crianças.
3.4.1- Dizer para as crianças imaginar que estão em uma floresta encantada.
3.4.2- Durante cada pista trabalhar o sentido que está sendo usado pelas crianças.
3.5- A primeira pista estará na carta da Chapeuzinho Vermelho que irá orientar as crianças para iniciar a caça ao tesouro. Nesta pista estará escrito; ´´ Com seus grandes olhos, olhem ao seu redor, para a próxima pista encontrar. Quando as crianças olharem ao redor encontrarão a próxima pista.
3.6- Na segunda pista estará escrito; ´´Agora em silêncio todos devem ficar porque a próxima pista com suas grandes orelhas irão encontrar. Ao ouvir o som do ambiente as crianças escutarão sons de sinos que os levarão a próxima pista.
3.7- Na terceira pista estará escrito; ´´ Respire fundo! Você está sentindo esse cheiro? Siga o perfume, porque o tesouro vocês já estão perto de encontrar.
3.8- Ao sentir o aroma ás crianças irão ao encontro da cesta do tesouro. A cesta estará repleta de guloseimas para ás crianças que estarão dentro de saquinhos escuros. As crianças deverão tentar descobrir o que está dentro do saquinho. Após este momento todos poderão se deliciar com os doces.
3.9- Ao final será feito uma roda para as crianças contarem o que acharam da atividade. Durante a roda conversar com as crianças o que é, os cinco sentido.
4- Duração da regência:
50 minutos
5- Recursos:
- Livro literário (Chapeuzinho Vermelho);
- x mascaras de lobo;
- x capas vermelhas;
- Máquinas fotográfica (celular);
- Cesta e doces;
 - Um sino;
- Incenso;
- E.V.A e TNT;
6- Avaliação:
- Observar o envolvimento e participação das crianças: O que gostaram mais? O que mais desafiou as crianças? Houve trabalho em equipe Houve conflito?
- Observar e registrar em que medida os objetivos foram alcançados.
- Registro fotográfico.


Plano 2

Contação De História
Tema:
Contação de história: Teatro ‘’ Menina bonita do laço de fita.’’
1- Objetivos:
- Despertar o prazer em ouvir história.
- Desenvolver a imaginação e a fantasia.
- Perceber o outro como deferente.
2- Conteúdo:
- Imaginação
- Fantasia
- Trabalhar as diferenças
3- Procedimentos:
3.1- Retirar as mesas da sala. Colocar as cadeiras de forma que pareça um teatro, colocar um T.N.T na parede para servi de plano e fundo.
3.2- As estagiárias regentes se fantasiarão da ‘’ Menina bonita do laço de fita e coelho’’, (a estagiaria regente que se fantasiara de coelho narrara a história e farão um teatro).
3.3- Após o teatro será feito uma roda, para conversar com as crianças sobre a história. Levantar algumas questões com as crianças. Releia o trecho da história, ‘’ O coelho achava a menina a pessoa mais linda que ele já tinha visto!’’. Converse com as crianças: O que e ser bonito, para vocês?
3.5- De acordo com que a crianças forem falando, enfatizar ó importância da diferença de cada um. Falar da importância de ser diferente, questionar: Já pensou se todo mundo fosse igual?
3.6- Aproveitar a descoberta do coelho de que’’ a gente se parece sempre e com os pais, os tios, os avos e até com os parentes mais tortos’’ perguntar as crianças com quem elas acham que se parecem. Assim com certeza aparecerão muitas respostas interessantes.
3.6- Propor uma atividade a qual as crianças faça um desenho, com lápis de cor, delas com a pessoa (pai, mãe, tios, avós e outros) que achem que se pareçam mais.
3.7- Logo em seguida, propor uma atividade de colagem, em que as crianças colarão diferentes tipos de pessoas em um cartaz.
3.8- Trabalhar com as crianças o coelho: Onde ele mora? O que ele come? Como ele e? Lembrar do dia que as professoras levarão um coelho para o CMEI.
3.9- Propor que as crianças façam um desenho do coelho.
4- Duração da regência:
50 minutos
5- Recursos:
- T.N.T
- Fantasia
- Folha A4
- Lápis de cor
- Cartolina
- Revistas
- Cola e tesoura
- Livro
6- Avaliação:
- Observar se as crianças passou a perceber as diferenças.
- Observar se participarão de forma criativa na realização da atividade e durante o teatro.
- Observar se as crianças tratam os colegas com respeito e valoriza as diferenças de cada um.



Plano 3

Contação De História
Tema:
Contação de história com avental do ‘’ Patinho feio’’.
1- Objetivos:
- Aprender reconhecer e a respeitar as diferenças entre as pessoas.
- Despertar o prazer em ouvir história.
- Realizar trabalhos artísticos (desenhos e pinturas), utilizando os personagens da história.
2- Conteúdos:
- Criatividade
- Trabalhar as diferenças
- Imaginação
3- Procedimentos:
3.1- Retirar as mesas e cadeiras da sala. Sentar as crianças uma ao lado da outra.
3.2- Uma das estagiarias regentes irá colocar o avental e contará a história, enquanto isso a outra estagiaria regente irá organizar as crianças e o local que será usado para o próximo momento.
3.3- Após o termino da história dialogar com as crianças: O que mais gostara? Lembra-los do que foi trabalhado na aula passada ‘’ Menina bonita do laço de fita’’, a respeito das diferenças.
3.4- Conversar com as crianças: Já que o patinho morava na fazenda, quais os outros animais também viviam lá.
3.5- Cantar a música’’ Seu Lobato, tinha um sítio´´, com as crianças, mostrando imagens em EVA, dos animais de acordo com que fomos cantando os nomes dos animais.
3.6- Cantar a música dos cinco patinhos, com o auxílio de palitoches da dona pata e seus cinco patinhos.
3.7- Propor uma atividade, em que será confeccionar a imagem de um pato. Utilizando folhas A4, pegue a palma da mão da criança e pinte com tinta guache amarela e preta, peça a criança para pressionar a mão na folha. Depois desenhe as patas e o rosto do patinho.
4- Duração da regência:
50 minutos
5- Recursos:
- Livro literário (Patinho feio)
- Tinta guache
- Folhas A4
- Avental de história
- Palitoches
- Figuras em E.V.A
6- Avaliação
- Realizar registros fotográficos durante as atividades.
- Observar a participação das criança durante a contação da história e as canções.
- Observa as reações das crianças e participação durante a pintura.















Plano 4

Contação de História

Tema:
Contação de história com palitoches “Pinóquio”
1-    Objetivos:
- Trabalhar as formas geométricas: quadrado, circulo, retângulo e o triangulo.
- Identificar e reconhecer a importância, dos valores na educação recebida pelos familiares, bem como sua aplicação nos diversos segmentos sociais.
- Proporcionar situações que permitam que as crianças elaborem as situações de conflito.
2- Conteúdos:
- Criatividade
- Trabalhar valores familiares
- socialização
3- Procedimentos:
3.1- Retirar as mesas e cadeiras da sala. Sentar as crianças uma ao lado da outra.
3.2- Contar a história do Pinóquio utilizando palitoches. Interagir com as crianças durante a contação.
3.3- Reunir os alunos em roda e direcionar um diálogo sobre a história contada. Questionar a respeito dos valores como: falar sempre a verdade, respeitar os mais velhos:
3.4- Passar um pequeno vídeo da história “Pinóquio”, que mostra a consequência de quando não respeitamos e ouvimos nossos pais direcionando o diálogo para os valores e seguindo para o próximo momento.
3.5- Explicar para as crianças as formas geométricas básicas como: quadrado, retângulo, círculo e o triângulo, mostrando ás formas geométricas, que usaremos para a próxima atividade.
3.6- Propor para as crianças uma atividade de colagem e confecção do Pinóquio personagens da história, com as formas geométricas que levaremos para a regência.
4- Duração:
50 minutos
5- Recursos:
-          Palitos
-          E.V.A
-          Livro
-          Cola
-          Vídeo tv
6- Avaliação
- Observar se as crianças participou de forma criativa nas atividades.
- Observar se as crianças entenderão a importância dos valores.
- Observar se ouve cooperação em todos os momentos e socialização.




Plano 5

Contação de História

Tema:
Contação de história: Os três porquinhos.
1- Objetivos:
- Estimular a criatividade é imaginação.
- Trabalhar a importância do trabalho em equipe.
- Trabalhar os valores.
2- Conteúdos:
- Criatividade
- Importância do trabalho
3- Procedimentos:
3.1- Retirar as mesas e as cadeiras da sala.
3.2- Fazer uma roda e com o auxílio do livro dos três porquinhos, ler a história, explorando o máximo a imaginação da criança.
3.3- Após a contação da história conversar com as crianças, como imaginam a floresta? Os porquinhos? E as casas dos porquinhos?
3.4- Dividir a turma em três grupos levar folhas de papel pardo, cortadas no formato de uma casinha, palitos de picolé, palha, retângulos de papel cartão marrom, cola e giz de cera. Cada grupo vai se responsabilizar por construir uma das casas.
3.5- Será entregue uma folha de papel A4 para cada criança e propor que elas desenhem a sua casa.
4- Duração:
50 minutos
5- Recursos:
- Livro dos três porquinhos
- papel pardo
- palitos de picolé
- palha
- cola
- giz de cera
6- Avaliação:
- Observar o envolvimento das crianças em cada atividade.
- realizar registros fotográficos durante as atividades.
-Observar se houve trabalho em equipe e envolvimento entre o agrupamento. 





Poderá também gostar de:

Related Posts with Thumbnails

Windows Live Messenger + Facebook